Notícias Rss

Na Segurança Pública, deputados parabenizaram os eleitos e destacaram que as escolhas refletem o trabalho que eles desenvolvem na área
Na Segurança Pública, deputados parabenizaram os eleitos e destacaram que as escolhas refletem o trabalho que eles desenvolvem na área - Foto: Guilherme Bergamini
Seu browser não suporta flash player
Confira os deputados já eleitos para presidir as comissões no próximo biênio
23/03/2017 10h21 - Atualizado em 23/03/2017 15h07

Outras três comissões permanentes definem seus presidentes

As eleições ocorreram nas Comissões de Segurança Pública, de Redação e de Minas e Energia.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Nesta quinta-feira (23/3/17), outras três comissões permanentes da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) elegeram seus presidentes para o biênio 2017-2018: a Comissão de Segurança Pública, a de Redação e a de Minas e Energia. Com isso, apenas a Comissão de Direitos Humanos ainda não elegeu seu presidente, entre as 21 comissões permanentes da ALMG.

Segurança – A Comissão de Segurança Pública elegeu os deputados Sargento Rodrigues (PDT) e Cabo Júlio (PMDB) como presidente e vice-presidente, respectivamente. As reuniões ordinárias da comissão serão realizadas às terças-feiras, às 9h30.

Na reunião, o deputado Sargento Rodrigues destacou que vai dar continuidade ao trabalho que já vinha sendo desenvolvido pela comissão. O deputado Cabo Júlio também apontou que há muito o que fazer, pois a questão da segurança interessa a todos os municípios mineiros.

Os deputados André Quintão (PT), João Magalhães (PMDB) e Fábio Cherem (PSD) parabenizaram os eleitos e destacaram que a escolha do presidente e do vice reflete o trabalho que os dois parlamentares desenvolvem na área da segurança pública.

Minas e Energia – A Comissão de Minas e Energia elegeu, para presidente, o deputado João Vítor Xavier (PSDB). Foi agendada para terça-feira (28/3/17), às 14 horas, a reunião para escolher o vice-presidente. Por decisão de João Vítor Xavier, o dia e a hora das reuniões ordinárias também será definido na terça-feira.

O presidente da comissão se mostrou otimista com o mercado internacional que, em sua avaliação, já começa a valorizar novamente o minério de ferro, após um longo período de queda nos preços. “Somos o Estado da mineração, setor que tem o compromisso com a geração de emprego e renda no Estado”, afirmou João Vítor.

Os deputados Bosco (PTdoB) e Leonídio Bouças (PMDB), assim como a deputada Ione Pinheiro (DEM), desejaram uma boa atuação ao novo presidente da comissão e elogiaram a atuação do ex-presidente, Gil Pereira (PP).

Redação – Nesta comissão, foram eleitos os deputados Gilberto Abramo (PRB) e Tadeu Martins Leite (PMDB) para presidente e vice, respectivamente. As reuniões ordinárias serão realizadas às quartas-feiras, às 14h30.

Consulte o resultado das reuniões das Comissões de Segurança Pública e de Redação.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

27/04/2017

Centrais sindicais convocam para greve nesta sexta (28)

Na ALMG, senador Paulo Paim declara acreditar que reformas previdenciária e trabalhista podem ser barradas.

27/04/2017

CCJ inicia análise de projeto sobre assistência estudantil

PL 4.092/17, do governador, institui o programa de assistência e o sistema de reserva de vagas na Uemg e na Unimontes.

27/04/2017

Oradores - Reunião Ordinária de Plenário de 27/4/17

Avanços em Contagem, depósitos judiciais e promoção no Corpo de Bombeiros são temas abordados pelos parlamentares.

27/04/2017

Alteradas indicações para Conselho Estadual de Educação

Mensagem do governador recebida em Plenário encaminha novo nome e solicita retirada de indicação anterior.

28/04/2017 Assembleia em Ação - Resumo da semana de 24/4 a 28/4/2017
Seu browser não suporta flash player
00:00:00 | Download (2674kb)

28/04/2017 Boletim do dia
Seu browser não suporta flash player
00:00:00 | Download (2741kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter

Infográficos

Credor ou devedor? Estado argumenta que tem créditos a receber. Assembleia iniciou movimento pelo acerto de contas entre Minas e a União. Deputados querem compensação de perdas tributárias nas exportações.