Notícias Rss

26/12/2016 11h52

Vesperata é reconhecida como patrimônio cultural de Minas

Lei foi aprovada pelos deputados em dezembro e tem como objetivo preservar o tradicional evento musical de Diamantina.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais deste sábado (24/12/16) a sanção do governador à Lei 22.456, que reconhece a Vesperata de Diamantina (Vale do Jequitinhonha) como patrimônio cultural do Estado.

A norma tramitou na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na forma do Projeto de Lei (PL) 2.038/15, de autoria do deputado Carlos Pimenta (PDT), e foi aprovada no dia 6 de dezembro.

A nova lei tem o objetivo de valorizar o tradicional evento da cidade histórica, em que os músicos se apresentam das janelas dos casarões e os maestros se posicionam na rua, no meio da plateia.

Também foram aprovadas as seguintes leis de reconhecimento de patrimônios culturais:

Lei Autor do PL que deu origem à norma
Patrimônio
22.462 Deputado Cabo Júlio (PMDB) - PL 450/15 Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros
22.453 Deputado Cabo Júlio - PL 784/15 Orquestra Sinfônica da Polícia Militar
22.454 Deputado Agostinho Patrus Filho (PV) - PL 1.615/15 Ofício das quitandeiras
22.455 Deputado Carlos Pimenta (PDT) - PL 2.037/15 Festa Nacional do Biscoito de Japonvar (Norte de Minas)
22.457 Deputado Ulysses Gomes (PT) - PL - 2.130/15 Tricô de Monte Sião (Sul de Minas)
22.458 Deputado Agostinho Patrus Filho - PL 2.761/15 Gastronomia mineira

Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

28/03/2017

Publicada habilitação para ocupação da Galeria e do Teatro

Diário do Legislativo desta terça-feira (28) traz aprovados na primeira fase do processo seletivo.

28/03/2017

Comissão pretende discutir criminalidade em Pedro Leopoldo

Vereador pede realização de audiência pública com o objetivo de buscar soluções para o problema no município da RMBH.

28/03/2017

Programa Nacional de Crédito Fundiário será debatido na ALMG

Comissão de Participação Popular aprovou ainda outros cinco requerimentos para realização de audiências públicas.

28/03/2017

Eleitos presidente e vice da Comissão de Direitos Humanos

Com isso, todas as 21 comissões permanentes da Assembleia de Minas definiram seus presidentes.

28/03/2017 Comissões 2017/2018 - Direitos Humanos pretende discutir temas de abrangência nacional
Seu browser não suporta flash player
00:00:00 | Download (2045kb)

28/03/2017 Cliente deve ter cautela ao reclamar contra empresa em rede social
Seu browser não suporta flash player
00:03:19 | Download (3118kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter

Infográficos

Em 5 de novembro de 2015, o rompimento da barragem de rejeitos da Samarco destruiu o povoado de Bento Rodrigues, matou 19 pessoas e poluiu o Rio Doce com metais pesados.