Notícias Rss

01/12/2016 17h20

Reformulação do Conselho da Juventude avança na ALMG

Comissão de Esporte, Lazer e Juventude aprovou parecer favorável a projeto que cria o conselho.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Em reunião realizada nesta quinta-feira (1º/12/16), a Comissão de Esporte, Lazer e Juventude da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou parecer de 1° turno favorável ao Projeto de Lei 3.846/16, do governador Fernando Pimentel, que cria o Conselho Estadual da Juventude (Cejuve).

O relator, deputado Cabo Júlio (PMDB), emitiu parecer pela aprovação na forma do substitutivo nº 1, da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que apenas adequa o texto à técnica legislativa. O projeto segue agora para a Comissão de Administração Pública, última a examiná-lo antes da votação de 1º turno no Plenário.

De acordo com a proposta do governador, o Cejuve será um órgão colegiado de caráter deliberativo, consultivo e propositivo, subordinado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac).

O conselho terá por finalidade formular diretrizes de ações governamentais voltadas para jovens de 15 a 29 anos. Será integrado por 36 membros indicados pelo governador, sendo 12 representantes do Executivo e os demais da sociedade civil. A função não será remunerada.

Entre outras competências, caberá ao Cejuve: a elaboração de critérios e parâmetros para implementar políticas que assegurem a cidadania e ampliem as oportunidades para a juventude; e a apresentação de sugestões de diretrizes orçamentárias e de alocação de recursos nos Planos Plurianual de Ação Governamental, na Lei de Diretrizes Orçamentárias e na Lei Orçamentária Anual.

Substituição - O novo órgão substitui o antigo Conselho Estadual da Juventude, instituído pelo Decreto 27.000, de 1987. De acordo com a mensagem do governador, o antigo órgão “não reúne as condições necessárias ao atendimento das aspirações da camada populacional representada pelos atuais cidadãos com idades entre 15 e 29 anos nem possui as marcas da democratização, regionalização e participação que consubstanciam o foco das políticas públicas na atualidade”.

Gestão do Mineirão e do Mineirinho

Durante a reunião, foram aprovados ainda dois requerimentos para realização de audiências públicas. Um deles, de autoria da deputada Marília Campos (PT), destina-se a debater a criação de fonte de recurso com vinculação específica que viabilize o direcionamento dos recursos gerados pelo espaço esportivo Jornalista Felipe Drummond (Mineirinho), para a manutenção do espaço e investimentos no local.

O outro requerimento, de autoria da deputada Marília Campos e dos deputados Cristiano Silveira (PT) e Rogério Correia (PT), visa a realizar reunião conjunta com a Comissão de Direitos Humanos. O objetivo é debater as condições de contratação, administração e segurança do Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão), por meio da parceria público-privada com a Concessionária Minas Arena Gestão de Instalações Esportivas S/A.

Consulte o resultado da reunião.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

24/04/2017

Diagnóstico precoce do autismo ajuda na qualidade de vida

Audiência fez parte da Semana Estadual de Conscientização sobre os Transtornos do Espectro do Autismo.

24/04/2017

Arte em Movimento traz técnicas de artesãos de Nova Lima

A associação do município tem mais de 40 integrantes, que trabalham com cerca de 20 técnicas diferentes.

24/04/2017

Segunda Musical e Zás recebem atrações do Sesiminas

A Orquestra de Câmara se apresenta nesta segunda (24) e a Cia. de Dança na sexta (28), no Teatro da ALMG.

20/04/2017

Oradores - Reunião Ordinária de Plenário de 20/4/17

Violência no campo, recurso para saúde, cotas na Fundação João Pinheiro e greve do dia 28 foram temas levados à tribuna.

24/04/2017 Site de Políticas Públicas - Conteúdo facilita a fiscalização do Executivo
Seu browser não suporta flash player
00:02:53 | Download (2717kb)

24/04/2017 Agenda da Semana - De 24/4 a 28/4/2017
Seu browser não suporta flash player
00:02:47 | Download (2616kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter

Infográficos

Credor ou devedor? Estado argumenta que tem créditos a receber. Assembleia iniciou movimento pelo acerto de contas entre Minas e a União. Deputados querem compensação de perdas tributárias nas exportações.