Notícias Rss

Objetivo do PL 2.038/15 é valorizar o tradicional evento realizado na cidade histórica mineira
Objetivo do PL 2.038/15 é valorizar o tradicional evento realizado na cidade histórica mineira - Foto: Pollyanna Maliniak
01/12/2016 17h50

Projetos de reconhecimento cultural podem voltar ao Plenário

Vesperata, gastronomia e música estão entre manifestações que podem se tornar patrimônio do Estado.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

A Vesperata de Diamantina (Vale do Jequitinhonha) está mais perto de se tornar patrimônio cultural do Estado. A proposta, prevista no Projeto de Lei (PL) 2.038/15, recebeu parecer favorável da Comissão de Cultura nesta quinta-feira (1º/12/16) e já pode voltar ao Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para votação em 2º turno.

De autoria do deputado Carlos Pimenta (PDT), o projeto tem o objetivo de valorizar o tradicional evento realizado na cidade histórica, onde os músicos se apresentam das janelas dos casarões e os maestros na rua, no meio da plateia. A comissão acatou o parecer pela aprovação do projeto da forma como aprovado em 1º turno (vencido).

Outros patrimônios do Estado

Na mesma reunião, também receberam pareceres de 2° turno pela aprovação outros seis projetos de lei que tratam do reconhecimento, como patrimônio do Estado, de diversas manifestações de Minas, nas áreas da culinária, da música e do artesanato. São eles:

Projeto  Autor  Patrimônio
450/15  deputado Cabo Júlio (PMDB)  Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros
784/15  deputado Cabo Júlio  Orquestra Sinfônica da Polícia Militar
2.037/17  deputado Carlos Pimenta   Festa Nacional do Biscoito de Japonvar (Norte de Minas)
2.130/15  deputado Ulysses Gomes (PT)  Tricô de Monte Sião (Sul de Minas)
1.615/15  deputado Agostinho Patrus Filho (PV)  Ofício das quitandeiras
2.761/15  deputado Agostinho Patrus Filho  Gastronomia mineira

Consulte o resultado da reunião.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

21/02/2017

Oradores - Reunião Ordinária de Plenário de 21/2/17

Importação de café, Funed e a administração do governador Fernando Pimentel são temas de discursos no Plenário.

21/02/2017

Atividades da Assembleia são divulgadas nas ondas do rádio

Agência de rádio tem transmissão pela web e faz entradas ao vivo, levando notícias para 222 emissoras de todo o Estado.

21/02/2017

Panorama discute prevenção, diagnóstico e tratamento do AVC

Programa da TV Assembleia recebe neurologista e presidente da Associação Mineira do Acidente Vascular Cerebral.

21/02/2017

Prorrogadas inscrições para ocupar espaços culturais da ALMG

Galeria de Arte e Teatro da Assembleia estão com editais de ocupação abertos até o dia 10 de março.

22/02/2017 "Encontros com a Política" levam qualificação para vereadores do interior de Minas
Seu browser não suporta flash player
00:02:32 | Download (2379kb)

22/02/2017 Boletim do dia
Seu browser não suporta flash player
00:02:51 | Download (2673kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter

Infográficos

Em 5 de novembro de 2015, o rompimento da barragem de rejeitos da Samarco destruiu o povoado de Bento Rodrigues, matou 19 pessoas e poluiu o Rio Doce com metais pesados.