Notícias Rss

19/03/2014 18h54

Audiência pública sobre Lei Complementar 100 é cancelada

Reunião da Comissão de Educação debateria constitucionalidade de norma que efetivou trabalhadores da educação.

Compartilhe:
Twitter Facebook
Email Versão para impressão

Foi cancelada a audiência pública que a Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizaria nesta quinta-feira (20/3/14), às 14h30, no Plenarinho III, para tratar da constitucionalidade da Lei Complementar 100, de 2007. A norma instituiu a Unidade de Gestão Previdenciária Integrada (Ugeprevi) dos Regimes Próprios de Previdência dos Servidores Públicos e dos Militares do Estado de Minas Gerais e o Conselho Estadual de Previdência (Ceprev), e alterou a Lei Complementar 64, de 2002.

Segundo o deputado Antônio Carlos Arantes (PSDB), autor do requerimento para o debate, a validade dessa lei poderá ser julgada em breve pelo Supremo Tribunal Federal, onde é questionado o fato de a norma ter garantido aos trabalhadores os mesmos direitos de concursados. De acordo com o parlamentar, a lei efetivou 98 mil contratados do Estado que trabalhavam com vínculo precário em escolas e universidades públicas, ocupando funções como professores, vigilantes e faxineiros.


Tópicos:
Últimas Notícias

Notícias

16/01/2017

Assembleia inicia seleção para Galeria de Arte e Teatro

Artes visuais, cênicas e música estão contempladas em dois editais. Artesanato será selecionado posteriormente.

13/01/2017

ALMG e governo se unem em combate contra a febre amarela

Medidas contra o surto da doença no Estado são anunciadas pelo governador durante seminário realizado em Teófilo Otoni.

12/01/2017

Presidente da ALMG apoia evento sobre febre amarela

Seminário é organizado pelo Governo do Estado em reação a mortes causadas pelo vírus em Minas Gerais.

06/01/2017

Cidadania Ribeirinha abre inscrições para profissionais

Serão contratados oito instrutores de campo para atividades de educação ambiental em Januária e São Francisco.

18/01/2017 Procon Assembleia prioriza atendimento presencial
Seu browser não suporta flash player
00:01:55 | Download (1800kb)

18/01/2017 Abertas as inscrições para a Galeria de Arte e o Teatro da Assembleia
Seu browser não suporta flash player
00:02:08 | Download (2015kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter

Infográficos

Em 5 de novembro de 2015, o rompimento da barragem de rejeitos da Samarco destruiu o povoado de Bento Rodrigues, matou 19 pessoas e poluiu o Rio Doce com metais pesados.